“Como você descobriu que estava com câncer de mama?” PARTE 1

Era maio de 2014… Estava numa fase super fitness, e a Michela, o Vinícius e eu estávamos bem empolgados com as caminhadas na Cava do Bosque em Ribeirão Preto. O detalhe era que enquanto o Vinícius e a Michela davam três voltas na pista, eu completava uma volta e na raça! Suando mais que marmita velha!

Em um desses dias, toda suada fui tomar banho… E foi naquele marcante e tocante banho que a minha vida mudou. Enquanto me ensaboava, percebi um caroço, duro e do tamanho de uva no meu seio direito. Pensei: “esse caroço aqui não é normal, não!”

República "3 and a half women". Eu, Marina irmã, Bianquinha e Marina amiga.

República “3 and a half women”. Eu, Marina irmã, Bianquinha e Marina amiga.

Saí do banho ainda de toalha e mostrei o tal corpo estranho para minha irmã Marina. Após colocar o dedo, ela fez uma cara de espanto e de choque que me deixou preocupada. Pensei de novo: “Ah, vou pedir uma segunda opinião, se a cara de espanto tornar a aparecer, é porque a coisa tá feia!”

Chamei a Má, minha amiga que mora conosco em Ribeirão, e pedi para que ela tocasse também o bendito caroço. Os olhos arregalados e o suspiro profundo não negaram: A coisa tava feia mesmo!

Naquele momento, passaram um milhão de dúvidas e incertezas na minha mente e na hora pensei: “o mais correto e sensato para fazer em momentos de crise é…ligar para a mamãe!”. Mãe é tudo, e a minha é a mais preocupada de todas! Eu não podia simplesmente ligar para ela (Detalhe: meus pais moram em Franca), e dizer: “Ai mãe tô com caroço no peito e pela cara de espanto da Marina e da Má acho que é um tumor!”.

Tinha que ser mais leve! Liguei, como se nada tivesse acontecido e pedi para ela marcar uma consulta no ginecologista porque tinha visto um carocinho (Dica: sempre coloque as palavras no diminutivo para as mães não se apavorarem!) no meu seio e queria ver o que era isso. É claro que ela se apavorou e queria ligar para todos os médicos naquela mesma hora! (Era terça-feira, 21:30 da noite). Mas, mãe é mãe, né!

Quando voltei para Franca na sexta-feira, mostrei para minha mãe o caroço, e sabe aquela cara de espanto? Tornou a repetir! Ela queria naquele momento me levar no plantão do hospital e eu disse que não precisava porque ela já havia marcado uma consulta com a ginecologista.

DSCN2775---No dia seguinte, minha mãe acordou e disse: “Lívia, nós vamos no plantão sim, porque eu  nem dormi a noite, e minha pressão subiu!”. Olha que dó! Para o bem geral da nação, eu disse que iria!

E essa é uma parte engraçada da história. Chegamos lá no hospital e você sabe como é né, filas enormes, pessoas com dor de garganta, tosse, resfriado e eu no meio. Minha mãe queria que chamasse um ginecologista, mas a mocinha da recepção disse para passarmos pelo plantonista. Eu achei que não ia resolver nada, porque ele certamente ia me encaminhar para um ginecologista, mas tudo bem! Para o bem geral das mães desesperadas, eu fui!

Sentada aguardando minha vez de ser chamada só pensava: “Vai ser uma mulher, vai ser uma mulher!”. Eu sempre fui super tímida para essas coisas e fiquei torcendo para que uma médica me atendesse. Mas, sabe a Lei de Murphy? Então…

Fui chamada e abri a porta do consultório e olha lá….um mocinho de uns 25 anos! “Ei que beleza”, eu pensei! Sentamos e o médico fez aquela pergunta: “Lívia, o que que tá acontecendo?” Olhei para a minha mãe e disse: “ E aí mãe, o que tá acontecendo comigo?”, e eu morrendo de vergonha, me encolhendo na cadeira!

Ela explicou a história toda e o plantonista solicitou um exame de mamografia para ser feito na segunda-feira e me encaminhou para um ginecologista (Assim como eu imaginava!). O médico pra finalizar disse: “Tá mais tranquila agora, mãe?”. E aí, esse é um daqueles momentos que você pensa, não pode ficar pior! Mas, é claro que ficou! Minha mãe respondeu: “Claro que não doutor! Você nem olhou e sequer tocou no caroço da minha filha!”. Sabe quando você tem um diálogo mental com sua mãe? Eu tive um…e bem intenso!

A partir daí, tive que aprender na marra a não ter mais vergonha porque o peitinho já quase não me pertencia mais! Era de todo mundo que queria ver o bendito caroço da mocinha de 27 anos!

Na SEGUNDA PARTE dessa emocionanteeeee história, vou contar como foram os exames e a hora da verdade: “ É câncer de mama!”.

Anúncios

31 comentários sobre ““Como você descobriu que estava com câncer de mama?” PARTE 1

  1. Boa noite Lívia. Acabei de ler a sua história até a parte 2, e confesso que estou com um no na garganta e maravilhada com o seu bom humor e a sua alegria. Descobri seu depoimento buscando no Google como mulheres novas descobriram o cancer de mama. Gostaria de poder conversar mais com vc é me inspirar na sua força e coragem.

    Curtir

  2. Olá Livia

    Nessa semana minha tia descobriu que também está com câncer de mama, ainda estamos sob efeito da notícia, aquele misto de dúvidas, medos. Mas sabemos que tudo vai dar certo. Que Deus tem um plano e que sairemos ainda melhores de tudo isso. Ler seu blog me trouxe paz e reforçou ainda mais a certeza que tenho que minha tia ficará bem.

    Parabéns pela força, pela alegria e pela luz que tu consegues passar apenas lendo o seus textos.
    Beijos
    Fica com Deus

    Curtir

    • Oi Talita!

      O primeiro momento é muito complicado mesmo.
      Mas, tenha a certeza de que será apenas uma fase na vida de vocês!
      Muita energia, paciência e coragem!
      Qualquer coisa, estarei aqui.
      Beijos

      Curtir

  3. Oi Lívia, eu tenho 46 anos e tive ca de mama em 2013: fiz adenomastectomia radical das duas mamas, 33 sessões de radio, 8 sessões de quimio e fiz histerectomia também. Fiquei carequinha como todas e usei turbantes lindos, que davam até um certo estilo. Passei super bem o ano todo e agora estou ótima, com a vida completamente normal. O alto astral e a fé são os ingredientes básicos para passar por esta fase.Vai dar tudo certo, você vai ver. Também sou de Ribeirão Preto. Se precisar de qualquer coisa, conte comigo. Super bj

    Curtir

  4. Lívia querida, adorei esse seu post, me identifiquei no cansaço, hahaha eu sempre fui de fazer muita atividade física, mas de uns tempos para cá eu também andava muito cansada, era chamada de molenga, chegava a durmi em pé, sentada, na cama, e dormia umas 12 horas e depois queria dormir mais, eu trabalhava como professora e já durmi na sala de aula, mas até ai eu nunca associei isso ao pequeno “probleminha”, mas em uma conversa com o médico a primeira pergunta que ele me fez foi se eu andava cansada, minha mãe, meu noivo e eu respondemos na hora “muito cansada”.
    Bem, o que te digo é, que o melhor que podemos fazer é agradecer o diagnóstico, por mais difícil que seja a batalha ela se apresentou em nossas vidas e nós vamos nos vestir com nossas melhores roupas e sair para a luta. É isso que penso. Não chegamos até aqui para desistir agora, isso deve ser lido por todas aquelas que estão nessa batalha, não devemos parar de sonhar e fazer planos, tudo isso passará e o que restará será a lembrança de momentos felizes e pessoas maravilhosas que encontramos bem no meio do campo de batalha.beijos
    Ansiosa pela parte 2

    Curtir

    • Que lindo Virginia!
      Amiga, estamos juntos nessa né! Uma dando força para a outra! E como você disse, tudo isso vai passar, menos as pessoas encantadoras que conhecemos ao longo do caminho….
      Beijos pra você!

      Curtir

  5. Bom dia descobri q estou com cancer de mama agora dia 06/10/2014 , tenho 32 anos e duas filhas uma de 16 e outra de 6 , vou ter q fazer cirurgia pra retirada do tumor, e fazer a quimeo e provavvelmente a radio tambem , a ficha ainda não caiu direito ,mais as duvidas são muitas, estou adorando seu blog …. obrigada por dividir esse momento

    Curtir

    • Oi Ana Paula!
      No início passa tanta coisa na nossa cabeça né?
      Mas, tenho certeza de que como outras várias guerreiras que já encontrei pelo meu caminho, você também será uma vitoriosa nessa batalha!
      Criamos um grupo no Facebook só para mulheres com câncer de mama…É muito bom compartilhar nossas dúvidas, medos, e alegrias perante a doença! Se quiser participar, me add lá no Facebook 🙂 https://www.facebook.com/profile.php?id=100001955449548

      Beijos

      Curtir

  6. Olá tudo bem? Estou passando pela mesma situação que você, pois em 08/09/2014 tive a confirmação de um câncer, porém no cerebelo (meduloblastoma). Devo iniciar a radioterapia e ao seu término a quimioterapia. Confesso que é tudo assustador, pois sou uma profissional da radiologia e sei bem pelo que irei passar. Mas sua experiência me alivia um pouco, sua palavras e o modo como você encara essa situação. Belo trabalho em compartilhar conosco.

    Curtir

    • OI Eliane!

      No início é mesmo tudo novo, e a incerteza e o medo as vezes podem bater na porta do nosso coração! Mas, tenha coragem e paciência que tudo isso passa, e aceitar esse momento com calma e tranquilidade é essencial para que a alcançarmos nossa cura!
      Desejo muita luz, energia e sorrisos cheios de paz pra vc!
      Um beijo!

      Curtir

  7. Friend, lembro que não consegui disfarçar minha preocupação. Até demos algumas risadinhas com a laranjinha pra descontrair, mas quando o negócio é saúde a coisa é séria né? E devemos estar sempre atentas! Estou com vc até o fim dessa batalha! Saudades de vcs minhas companheiras da 3 and a half! Amo vcs!! Bjos!!

    Curtir

    • Ai má!
      Foi tenso hein aquele dia hein…..
      Nem dormi a noite…..Mas sabe quando metade de você acha que é e a outra acha que não é nada?
      Mas, era neh….

      Enfim…..

      Bjus amiga!

      Curtir

  8. Linda, vi um post no face de uma amiga…e cá estou! Te segureiii!
    Não sei como vc esta com o cancer nesse momento. Mas espero que td esteja correndo bem! Que Deus te ilumine!
    Um gande beijo

    Curtir

  9. nós sabemos quantos da nossa familia já passarão por isso , desde os mais novos até os mais velhos , mais sabemos DEUS sempre esta no comando e faz sempre bem feita a parte DELE , vc. é uma vitoriosa tenha certeza disso um grande bju.

    Curtir

  10. Você é demais, tenho lido muita coisa que vc posta e a cada dia sua fâ, admiro como vc expõe seu problema e a coragem que vc passa para as pessoas. E com todo respeito nunca vi uma carequinha tão linda. Peço a Deus que te ilumine e abençoe a cada dia, sei que em cada obstáculo que passamos, saímos mais fortalecido…….Estou aguardando a sua próxima publicação…….bjs enorme em seu coração.

    Curtir

  11. As maes tocam o terror , posso ate imaginar seu dialogo mental com a sua . Mas quando voce for mae ,vai compreender sua mae .
    Eu ja tive o meu momento maezona no plantao .
    E realmente voce contando,parece que tudo se torna mais leve e simples.

    Curtir

Deixe aqui seu comentário ( Seu e-mail não será divulgado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s