30 coisas que aprendi após o câncer…

cancer de mama acabou venciHoje faz exatamente 1 ano que recebi o diagnóstico de câncer de mama. Naquele dia 6 de junho de 2014, recebi um passaporte que dava acesso a locais nunca antes percorridos, com direito a muita emoção e adrenalina!

Nesse ano, a minha vida virou de pernas pro ar e tomou rumos que nunca imaginaria (careca, sem um peito e óvulos congelados, quer mais?). Mas, por mais que pareça estranho, esse ano foi muito importante pra mim e pra minha família, porque compreendemos que somos totalmente capazes de nos adaptar e enfrentar situações que fogem dos nossos sonhos e metas habituais. E perceber ainda que podemos sair melhores e mais fortalecidos com todas essas experiências.

Nesse ano, aprendi que:
1. A vida é realmente fascinante!

2. Há pessoas com dores muito maiores que a sua.

3. Independentemente de sua etnia ou crença religiosa, toda oração é sempre bem-vinda!

4. Cabelo cresce de novo após a quimio (Ufaa…e não! Ele não é o de menos!)

5. Todo mundo tem uma história pra te contar de um parente/amigo/ vizinho doente! Algumas com finais felizes, outras nem tanto assim (e essa parte não era muito legal). Mas, entendo que as pessoas têm a necessidade de compartilhar algo com você, e algumas nem sabem o que dizer (nesses casos, não diga nada, um abraço é o suficiente).

6. Existem várias formas de pronunciar a palavra câncer: doença ruim, aquela doença, probleminha, nova jornada, novo desafio (As pessoas são realmente muito criativas!)

7. Algumas pessoas que você não via há anos, simplesmente surgem das cinzas. Outras que você vê frequentemente, desaparecem. Outras ainda que nem conhecia, passam a ser seus melhores amigos.

8. Por mais que uma dor pareça infindável, uma hora ela vai passar (e depois de uns dias, você nem vai se lembrar dela).

9. Muitas coisas que eu reclamava e que ocupavam a maior parte do meu dia ficaram tão pequenas e insignificantes que não persistem tempo demais no meu pensamento! Descomplique também a vida!

10. Ter momentos desabafos e períodos de luto são totalmente naturais e em alguns momentos até benéficos (afinal, somos humanos). Mas, não se prenda tempo demais a eles!

11. Perdas e ganhos fazem parte de qualquer etapa de nossa vida.

12. Todo mundo tem uma receita milagrosa. Algumas são realmente malucas, mas entendo que as pessoas querem ajudar de alguma forma (se for o caso, agradeça com cordialidade e esqueça em seguida).

13. Ninguém está preparado para ouvir que está com câncer (ou que seu filho está com câncer).

14. Alimentação é a base para uma vida saudável. Exercício físico também. (Mas, isso não impede que você tenha algumas doenças, mas permite que você se recupere muito melhor e bem mais rápido).

15. Você pode se sentir linda/o mesmo sem cabelo ou sobrancelha (e receber até uma cantada…né princesa?!)

16. Se você pedir ajuda, ela virá. Mas, não se sinta envergonhado em pedir! Você vai se surpreender com a solidariedade de algumas pessoas.

17. Sua verdadeira família estará com você nos momentos mais difíceis. E nos mais alegres também ( Acabouuu…)

18. Algumas pessoas são indelicadas e não conseguem disfarçar sua curiosidade frente a um lenço ou uma careca.

19. Você pode não ser a primeira, nem a última pessoa a ser diagnosticada com câncer (Para 2015 são estimados 576 mil novos casos de câncer, infelizmente ).

20. Algumas expressões que você nunca tinha ouvido (Esvaziamento axilar? Linfedema?) podem se tornar parte do seu dia-a-dia.

21. Médicos podem se tornar seus verdadeiros amigos. E verdadeiros amigos podem se tornar seu médico para todas as horas (Face, WhatsApp, SMS).

22. Uma mensagem pode mudar seu dia (Pra melhor…ou pior)

23. Ninguém é novo demais, ou legal demais ou rico demais ou pobre demais pra ter câncer. (No hospital, tinha gente de todo jeito!)

24. Dizer “eu te amo” se torna mais fácil quando lembramos que somos mortais.

25. Não é feio chorar em público.

26. Meditar pode tranquilizar sua mente e seu coração.

27. Esse é o momento para refletir sobre a vida (e sobre a morte também!). Como estão seus sentimentos, pensamentos, ações?

28. Conhecer seu corpo pode salvar sua vida (percebeu um caroço diferente no seio? Procure um médico!)

29. Nem tudo está sob nosso controle! Confie e segue que amanhã é um novo dia!

30. E por último, mas não menos importante: a fé é o remédio mais eficaz que existe!

Não vou citar aqui as pessoas que de alguma forma contribuíram para eu vencer o câncer. São muitas…..milhares…..e algumas nem se quer conheço pessoalmente, mas tenho um carinho muito especial por todos vocês (e repito TODOS!).

E agora….chorando como uma criança, agradeço a Deus pela oportunidade de fazer brilhar a melhor parte de mim! Por me conceder mais uma chance nesse mundo, que nos presenteia todos os dias com novas oportunidades para recomeçar e dar o nosso melhor!
GRATIDÃO!

 

P.S.: Na foto acima, três momentos para serem celebrados:

1. Após mastectomia;

2. Minha última quimioterapia;

3.Minha úitlma radioterapia 🙂

Anúncios

17 comentários sobre “30 coisas que aprendi após o câncer…

  1. Oi Livia,

    Muito obrigada por compartilhar tantas coisas, voce nao tem ideia de como me ajudou a entender varias coisas.
    Minha amiga vai se recuperar e quero poder ajudar de tds as formas!

    Muita saude e amor pra voce e sua familia!
    Uma otima noite!,,
    Abs

    Curtir

  2. Boa noite!
    Tenho câncer de mama inflamatório, talvez não tenha ouvido falar ainda mas é um tipo de câncer que se assemelha a uma mastite. Achei seu blog procurando por perucas e fiquei bem animada quando vi sua foto com uma peruca Rosa. Bem minha dúvida é a seguinte: onde confecionar uma peruca no Rio de Janeiro com meu próprio cabelo?

    Curtir

  3. Oi Admiro muito a força e o testemunho de vida e muito importante ver uma Mulher tão jovem e bonita com tanta garra estou passando por isso tenho 32 anos diagnóstico câncer de mama ductal invasivo grau 3 no inicio chorava dia e noite depois estou me acostumando com o diagnóstico fiz adenectomia com implante de silicone e estou aguardando resultado da biopsia pos cirurgia e me preparando para o resultado provavelmente vou ter que passar pela quimioterapia ainda não esta confirmado mas o que mais me dou e o sonho que tenho de ser mae e já sei das possibilidades de se tornar infértil li que VC congelou óvulos gostaria de informações não tenho condições financeiras mas gostaria de detalhes obrigada. Bjos

    Curtir

    • Oi Renata!
      Ah…..no começo eu fiquei bem assustada também! A gente não espera passar por algumas dores como essa, e muito menos tão jovens, né!
      Bom…sobre o congelamento, assim que eu descobri o câncer, eu procurei uma clinica particular de reprodução, mas o procedimento ficava em torno de 24 mil reais. Sem condições.
      Aí, em uma das consultas aqui no HC de Ribeirão Preto, o meu oncologista me encaminha para o setor de reprodução humana que tem aqui no HC, e lá é pelo SUS. Meus óvulos estão guardados lá e quando for fazer a fertilização in vitro, também farei por lá!
      Espero ter ajudado…..
      Bjus!

      Curtir

  4. Passei pelas três fases. A cada término uma vitória! A ordem foi um pouco diferente e não tive que fazer a mastectomia. Fiz a quadrantectomia. Também senti o impacto da notícia, mas nunca desanimei. Deus está sempre com a gente nos dando forças. Fiz a quimioterapia, depois a cirurgia e a radioterapia. Terminei tudo tem um mês e pouco. Já fiz os exames de sangue pós radioterapia e estão ok.
    O que posso dizer para todas que passarem por isso é que não desanimem. A fé e a força são as principais coisas na cura da doença.
    Um grande beijo para todas!
    Maria de Fatima

    Curtir

  5. Oí Lívia ! Que bom que encontrei teu Blog ! estava desesperada ,procurando algum consolo,fui diagnosticada com cancer agora em Maio.É inicial,é um caroço sólido e bem localizado,comecei os exames pré-operartório a Médica acha que não precisa retirar toda a mama,mas falei que se é pra curar pode tirar, eladisse que vouficar curada.Nos primeiros dias me senti morrer,parecia que todo o resto tinha perdido o sentido,depois levantei e falei pra mim mesma : ” Já chorei,já tive pena de mim,agora vou lutar.
    Estou aguardando os exames para a cirurgia,depois Radio,enfim começar essa guerra ,que eu já venci.
    E lendo os teus relatos me senti ainda mais confiante,considero que a minha mama é que está doentinha e vou tratá-la para que eu também não fique doente.
    Parabéns pela forma que enfrentaste toda essa guerra e obrigado por nos contar tudo o que aconteceu com você.
    Eu ainda não tive tempo para ler todos os relatos ,quero fazer com calma,quero fazer umas perguntas para você,desculpe se já respondeu em outros posts.
    Quanto tempo você levou na cirurgia ?
    Quantos dias de internação?
    Quanto tempo levou para movimentar o braço?
    Beijos!!

    Curtir

    • Olá Iolanda!
      Que bom que é inicial! O procedimento é bem mais simples e a recuperação é muito mais rápida!
      Adorei a sua volta por cima :” ” Já chorei,já tive pena de mim,agora vou lutar.”
      Bom…sobre suas perguntas…..
      Cada caso é um caso, mas a minha cirurgia de mastectomia ( retirada total da mama) levou 7 horas. Fiquei apenas uma noite internada, no dia seguinte já estava em casa. O braço levei uns 10 dias pra conseguir levantar, mas tudo com auxílio da fisioterapia!
      Bjus e confia que tudo passa!

      Curtir

      • Oi Livia,sou a Iolanda do dia13 de Junho,ainda estou aguardando para fazer a cirurgia,tenho lido teu blog e já considero ele a minha Biblia, meu amigo que me consola.
        Toda vez que fico triste eu entro nele e aqui eu encontro consolo,tu nos dá um relato muito importante sobre todos os procedimentos que temos que passar,e lendo também os comentários das outras guerreiras que passaram por isso,só me faz mais forte e pronta para essa guerra. Eu estou ansiosa,quero fazer a cirurgia logo.
        Te agradeço muito por nos informar em detalhes tudo que passaste,só uma pessoa Iluminada poderia pensar nos outros dessa maneira,fazendo com que tudo seja um pouco mais fácil.
        Dizem que Deus não dá um fardo que não possamos carregar…Mas ele podia pegar leve né?
        Mas eu confio e acredito que ele nos ajuda a carregar.
        Em breve estarei relatando a minha vitória .
        Vou continuar acompanhando a tua vitória.
        TUA É VITÓRIA É A NOSSA VITÓRIA.
        Beijos !!
        Que Deus te ilumine ainda mais !

        Curtir

      • Olá querida Iolanda!
        Você não sabe como eu fiquei feliz ao ler isso!
        Obrigada, obrigada, obrigada!
        E olha, estarei rezando para você…. ❤
        Que Deus te ilumine e proteja, querida Iolanda!
        Um grande beijo!

        Curtir

  6. Que coisa linda, que sensibilidade para descrever exatamente tudo que se passa e se sente estou aqui tentando conter as lágrimas que teimam em descer. Também estou terminando o tratamento.Dia 23 de julho faz um ano do diagnóstico. Comecei meu tratamento com a quimioterapia, em agosto, terminei em janeiro, fiz a cirurgia conservadora da mama esquerda com esvaziamento axilar, comecei a radioterapia em abril e terminei 29 de maio. A gora só falta terminar o herceptim que vai até outubro. Beijos

    Curtir

    • Olá querida Cláudia!
      Quem passa por tudo isso, sabe muito bem como é né!
      Que bom que está acabando! É uma sensação ótimaaa né?
      Bjus e parabens pela vitória!

      Curtir

Deixe aqui seu comentário ( Seu e-mail não será divulgado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s